/ PT / ES / EN /

Otimização

Eliminar gargalos, desperdícios, defeitos, reduzir custos e maximizar o retorno sobre investimentos é uma constante nas áreas de TI. Somos reconhecidos pelos nossos clientes como especialistas em otimização. Temos uma visão ampla e integrada de eficiência em todas as camadas da TI, desde a governança, gestão e pessoas, passando por processos e aplicações até a infraestrutura.

O QUE É?

Identificação e melhoria de aplicações e infraestrutura para redução de consumo de recursos computacionais ou tempo de resposta de transações. Busca soluções desde a infraestrutura, como storage, SO, banco de dados, middlewares e servidores de aplicação, até a aplicação. É o caso de reescrita de queries, redesenho de procedimentos e reparametrização de componentes. Apresenta uma lista de recomendações para infraestrutura ou aplicação, com identificação clara da relação de esforço, benefício e resultados esperados.

SERVE PARA

  • Aplicações com tempo de resposta maior do que o desejado ou que não escalem adequadamente em volume de usuários e dados.
  • Processos batch que não caibam mais na janela de processamento.
  • Aumentar a vazão dos sistemas sem investimento em hardware.

RESULTADOS

  • Identificação objetiva das ações para melhoria de performance ou capacidade do ambiente e aplicação.
  • Redução de incidentes de desempenho no ambiente, de CAPEX (crescimento de hardware) e OPEX (indisponibilidade e horas extras de trabalho do usuário final, entre outros).
  • Otimização do tempo de analistas de programação ou aplicação.
  • Maior aproveitamento da infraestrutura disponível – melhoria do TCO.

PRAZO

 1 a 3 meses – setup e piloto do modelo.

O QUE É?

Projeção do comportamento futuro da infraestrutura e aplicações de TI, considerando indicadores de TI e do negócio. Dimensiona os sistemas para suportar o crescimento orgânico, picos de utilização e sazonalidades. Propõe ações de otimização para evitar investimento adicional em hardware. Proporciona suporte ao planejamento de investimentos, migrações e consolidações na TI.

SERVE PARA

  • Racionalizar o uso da infraestrutura de TI.
  • Permitir que a área consiga se planejar e executar ações para suportar o crescimento do negócio em tempo hábil, minimizando investimentos e ações emergenciais.
  • Melhorar a comunicação com áreas de negócio e analisar o impacto de mudanças sistêmicas.
  • Prover informação para business case de investimentos em TI.

RESULTADOS

  • Reduz o CAPEX, com dimensionamento mais preciso de investimento em hardware.
  • Reduz o OPEX, sobretudo em infraestruturas terceirizadas.
  • Planeja custos e investimentos de médio e longo prazos.
  • Apresenta visão de todo o ambiente por meio do mapa de capacity.
  • Garante maior fluidez na comunicação entre TI e áreas de Negócios.

PRAZO

3 meses – estruturação e coleta de informações.
6 meses – radiografia e primeiros ajustes no CAPEX/OPEX.
9 meses – projeção de futuro em sintonia com variáveis de negócio.
12 meses – consolidação do plano e otimização CAPEX/OPEX.

O QUE É?

Serviço de migração que assegura performance igual ou melhor que a solução anterior. É utilizado em mudanças de hardware, versões de aplicações, softwares de infraestrutura (SO, bancos de dados, servidores de aplicação) ou de estruturas físicas, como datacenters.  Mitiga problemas de desempenho nas transações e processos que compõem o caminho crítico da aplicação. Realiza a validação da performance da aplicação no novo ambiente, por meio de simulação da carga esperada. Identifica pontos de otimização no processo de migração ou ambiente destino para que se possa obter o resultado esperado.

SERVE PARA

  • Migração de componentes de infraestrutura de aplicações.
  • Mudanças de versão do ambiente e aplicação e em migrações de datacenter.

RESULTADOS

  • Otimização da migração, com redução de risco de incidentes durante e pós-migração.
  • Redução do tempo total da migração.
  • Diminuição de impactos para o usuário final.
  • Manutenção dos níveis de performance das aplicações.
  • Menor risco de superdimensionamento de hardware ou upgrades emergenciais.

PRAZO

2 a 3 meses – migrações de pequeno e médio porte.
Até 6 meses – grandes projetos.

O QUE É?

Serviço de identificação, definição de metas, modelagem (extração, consolidação e exibição de dados), criação e melhoria de indicadores de TI em geral. É composto por consultoria em modelagem de indicadores, compreendendo o trabalho de entendimento das necessidades, estudo das melhores soluções até a implantação de ferramentas de indicadores e monitoração de informações críticas. Adotamos práticas de gestão nos serviços, com modelos adequados às necessidades dos nossos clientes, com foco em simplicidade e velocidade na obtenção de informações.

SERVE PARA

  • Estabelecimento da gestão por indicadores em qualquer processo de TI ou negócio.
  • Apoio a liderança e operações com informações e conhecimento adequado para tomada de decisão.
  • Estabelecimento de metas adequadas a gestão dos processos e operações de TI e negócio.
  • Trabalhamos com diversas ferramentas de indicadores e dashboards.
  • Adoção de melhores práticas de controle e verificação de processos e operações.
  • Acesso a skills especializados para vários tipos de processos de TI e negócios.

RESULTADOS

  • Redução de gaps de processos através de informações adequadas para seu controle e verificação.
  • Dashboards atualizados e otimizados para as necessidades do cliente.
  • Metas estabelecidas de forma objetiva e simplificada.

PRAZO

Implantação: entre 3 e 6 meses (dependendo do porte do projeto).
On going: serviço contínuo – tipicamente entre 12 e 24 meses.

O QUE É?

Emprego de técnicas e ferramentas combinadas a métodos estatísticos com o objetivo de melhorar a produtividade e eficiência do desenvolvimento de software, resultando em melhoria contínua com visão holística.

SERVE PARA

  • Aumentar a capacidade produtiva da organização.
  • Melhorar de forma incremental o ciclo de desenvolvimento de software eliminando desperdícios e ofensores de produtividade.
  • Racionalizar o esforço no desenvolvimento de software fim a fim (fazer mais com o mesmo ou com menos).
  • Reduzir custos no ciclo de desenvolvimento de software.

RESULTADOS

  • Aumento da produtividade em mais de 25%.
  • Redução do Lead Time de desenvolvimento em mais de 20%.
  • Custo evitado superior a 10%.
  • Eliminação de desperdícios no ciclo e desenvolvimento de software.
  • Melhoria da percepção de qualidade do serviço pelos clientes.
  • Redução dos conflitos gerados por entendimentos divergentes de tamanho de software.

PRAZO

3 meses – levantamento e setup inicial.
6 meses – ajustes de produção e ganhos iniciais de produtividade.
12 meses – evolução da melhoria contínua e eficiência da cadeia de valor de desenvolvimento de software.

O QUE É?

Emprego da filosofia Lean IT para otimização de processos utilizados por toda área de TI. Elaboração de um plano geral de melhorias, que identifica as reais necessidades da TI, apontando oportunidades de ganho de eficiência, por meio do mapeamento do fluxo de valor dentro do contexto do cliente.

SERVE PARA

  • Solucionar deficiências de produtividade de equipes em desenvolvimento, suporte, manutenção e sustentação.
  • Engajar equipes desmotivadas ou sobrecarregadas.
  • Reduzir o custo operacional, como a otimização de centrais de atendimento.

RESULTADOS

  • Redução média de 20% no custo operacional (OPEX).
  • Queda dos incidentes em produção, maior disponibilidade dos ambientes, identificação e correção mais ágil de problemas e redução do turnover.
  • Diminuição geral do risco operacional do negócio.
  • Melhoria da percepção de qualidade do serviço pelos clientes.

PRAZO

3 meses – levantamento inicial.
6 meses – desenho da infraestrutura necessária para o rollout.
9 meses – realização do piloto, refinamento dos processos e ferramentais de implantação.
12 meses – rollout do processo para todo o ambiente.

O QUE É?

Mapeamento e implementação de melhorias na Gestão de Contratos e Fornecedores. Tem como foco a otimização do tempo gasto com os controles administrativos e implantação do uso de indicadores para melhorar a eficiência dos contratos existentes.

SERVE PARA

  • Definir processo para Gestão de Fornecedores, consolidar indicadores e avaliar níveis de serviços contratados.
  • Estabelecer a rotina para aplicação dos termos e cláusulas contratuais.
  • Manter o inventário de contratos atualizado.
  • Prover informações de eficiência sobre o modelo de sourcing utilizado.
  • Implantar a gestão da rotina com fornecedores, para acompanhamento de SLAs e ações de melhoria, por meio de processos objetivos.
  • Estruturar o modelo de comunicação de gestão operacional dos fornecedores e criar link com a gestão contratual.

RESULTADOS

  • Inventário completo de contratos, o que permite controle efetivo e facilita negociações.
  • Melhorar do desempenho dos fornecedores, cumprimento de SLAs e execução de ações de melhoria efetiva.
  • Redução do custo operacional da área de gestão de contrato e fornecedores.
  • Avaliação holística e comparativa dos fornecedores.

PRAZO

16 semanas.

O QUE É?

Avaliação detalhada de gargalos em custos e investimentos, visando oportunidades de otimização. A partir da análise de documentos e entrevistas com equipes de TI e Negócios, é definido o plano de redução de gastos, cuja execução é devidamente monitorada em todas as etapas do projeto. O serviço inclui ainda workshops de engajamento dos profissionais envolvidos para facilitar o processo de transição. A série de medidas implementadas resulta no novo modelo financeiro de TI, que acompanha um guia de melhores práticas baseado em conceitos Lean de ganho contínuo de produtividade.

SERVE PARA

  • Assegurar o cumprimento das metas de redução de custo, sem gerar impacto ou incidentes no negócio, preservando fatores de disponibilidade, desempenho e velocidade de adequação aos sistemas.
  • Rever modelos de sourcing utilizados e propor alternativas mais eficientes para a empresa.

RESULTADOS

  • Mapa do TCO dos sistemas e serviços da TI, segregando investimentos por ativos da área.
  • Apresentação do plano de redução de custos.
  • Modelo de custeio e investimento adequados à realidade da empresa.

PRAZO

6 semanas.

Especialista

especialista@inmetrics.com.br