/ PT / ES / EN /

Transformação

Ter um rumo claro, bem comunicado, implementado e acompanhado é fundamental para uma TI eficiente. Estamos ao lado dos nossos clientes pensando, implementando, medindo e melhorando seus negócios continuamente.

Temos um amplo portfólio de ofertas de eficiência para transformação de TI.

O QUE É?

Métodos ágeis surgem como uma alternativa às metodologias de projetos e desenvolvimento tradicionais por meio de uma abordagem de planejamento, execução e entregas interativa e incremental, que visa entregar produtos ou funcionalidades de forma contínua e regular, aprimorando o alinhamento e colaboração das equipes de TI e negócio. No processo são utilizados diversos frameworks e ferramentas, tais como Scrum, Safe@, XP, DAD, Lean IT, DevOps e Design Thinking.

SERVE PARA

  • Apoiar as áreas de TI na implantação e adoção de processos ágeis.
  • Orientar na correta utilização dos conceitos e ferramentas dos processos ágeis no dia-a-dia.
  • Quebrar paradigmas da gestão tradicional através de demonstração prática dos benefícios do modelo.
  • Combinar os conceitos e ferramentas ágeis de forma a gerar melhores resultados nas entregas.

RESULTADOS

  • Melhora a habilidade de gestão do backlog.
  • Possibilita priorizar, estimar e otimizar entregas de maior valor.
  • Produtividade aumentada.
  • Moral da equipe melhorada.
  • Qualidade do software melhorada.
  • Redução do time-to-market.
  • Redução do risco de projetos.
  • Melhora o alinhamento entre objetivos de negócios e tecnologia.
  • Aumenta a satisfação dos usuários.

PRAZO

1 a 3 meses – setup e piloto do modelo 

O QUE É?

Emprego da filosofia Lean IT para otimização de processos utilizados por toda área de TI. Elaboração de um plano geral de melhorias, que identifica as reais necessidades da TI, apontando oportunidades de ganho de eficiência, por meio do mapeamento do fluxo de valor dentro do contexto do cliente.

SERVE PARA

  • Solucionar deficiências de produtividade de equipes em desenvolvimento, suporte, manutenção e sustentação.
  • Engajar equipes desmotivadas ou sobrecarregadas.
  • Reduzir o custo operacional, como a otimização de centrais de atendimento.

RESULTADOS

  • Redução média de 20% no custo operacional (OPEX).
  • Queda dos incidentes em produção, maior disponibilidade dos ambientes, identificação e correção mais ágil de problemas e redução do turnover.
  • Diminuição geral do risco operacional do negócio.
  • Melhoria da percepção de qualidade do serviço pelos clientes.

PRAZO

3 meses – levantamento inicial.
6 meses – desenho da infraestrutura necessária para o rollout.
9 meses – realização do piloto, refinamento dos processos e ferramentais de implantação.
12 meses – rollout do processo para todo o ambiente.

O QUE É?

Serviço de consultoria estratégica para estruturação ou otimização da área de inovação, utilizando o sistema de trabalho que melhor identifique projetos com maior potencial e rapidez em resultados. Engaja e capacita equipes em modelos avançados de resolução de problemas na TI.

SERVE PARA

  • Reestruturar ou implementar a área de inovação com metas agressivas.
  • Valorizar a Inovação em momentos de baixa visibilidade ou credibilidade.
  • Aumentar a geração de novos produtos e serviços.
  • Obter soluções avançadas para problemas na TI.

RESULTADOS

  • Melhoria geral no desempenho em Inovação, com entrega mais rápida e maior retorno no investimento.
  • Revalorização e motivação das equipes de Inovação.
  • Consolidação das ideias de inovação em um portfólio centralizado.
  • Rápida captação de ideias para inovação, por meio da metodologia TRIZ, que reduz para horas o trabalho que levaria dias ou semanas.
  • Identificação de quick-wins para rápida implementação.
  • Mudança de cultura de Inovação dentro da empresa.

PRAZO

3 meses, com encontros periódicos a cada 15 ou 30 dias.

O QUE É?

Radiografia do status da TI. Atua em processos, ambientes, sistemas, incidentes, problemas e pessoas. Faz a recomendação das mudanças necessárias para aumentar a eficiência sobre o objeto, processo ou aplicação-alvo da análise.

SERVE PARA

  • Auxiliar áreas de TI com estrutura muito descentralizada ou bastante distribuída, que não contam com informações claras para mapear seu estado atual e visualizar planos de melhoria.
  • Obter um isento parecer sobre a eficiência operacional a clientes que possuam parte da infraestrutura e equipes terceirizadas.
  • Filtrar e analisar informações desencontradas, identificando problemas e oportunidade de melhorias.

RESULTADOS

  • Diagnóstico claro e independente do quadro atual da operação e identificação de pontos de melhoria.
  • Apresentação de planos de melhoria factíveis e adequados ao orçamento e estágio de maturidade da TI do cliente.

PRAZO

1 a 2 semanas.

Especialista

especialista@inmetrics.com.br